Automóveis Brasileiros

Dicas, Reviews e News de carros!

Reviews

Revisão – Chevrolet Cruze Sport6 ​​​​RS 1.4 Ecotec (Aut) 2022 – CarPoint News

Spread the love

Fotos: Marcus Lauria

Tentando dar um “gás” para a venda do hatch Cruze, uma solução Chevrolet lançada em uma série RS onde você pode treinar e experimentar uma nova máquina e software. O Cruze Sport6​​​é um excelente hatch médio, com otímio escapado interno, bom de dirigir e com alguma tecnologia oferecida ao consumidor desse tipo de carroceria.

CONFIRME SOBRE O VÍDEO: https://youtu.be/sjJpuU4VlK8

O Cruze RS pode ser adaptado para hatch ou hatch. Outra mudança para esta versão é a nova calibração do conjunto mecânico. Ela aprimorou a qualidade de dirigibilidade em situações cotidianas de uso do modelo, que herda o acerto específico de suspensão e direção própria da configuração Sport6, fato esse que pode ser observado quando se está atrás do volante.

Quando visto de frente, não-se uma sutil muenda no visual, proporcinada pelo conjunto mais impontente formado pela grade com detalhes em cromo escurecido, en ravata Chevrolet com fundo preto e os aguarda com LED e rímel negra. A logo RS em vermelho junto com as entradas da marca uma versão e deixam sua personalidade ainda mais evidente.

De lado, na moldura das janelas, o botão de coluna e os retrovisores seguem o mesmo visual escurecido para reforçar a ideia de unidade, assim como a linha de cintura mais alta. Sim, pois as rodas personalizadas contribuem para deixar o visual do carro mais esportivo.

Novo tambémé ou conceito de teto preto metálico para o Cruze, que parece ampliar a área do teto-solar, fato esse que deixa o hatch ainda mais esportivo e agressivo. Uma edição do RS está disponível com os núcleos Branco Summit, Cinza Satin Steel e Vermelho Chili (com um modelo disponível), exclusivo para este modelo. Se o futuro dono de uma unidade RS preferir um estilo monocromático, há a opção de lataria pintada em Preto Ouro Negro, bem mais discreta.

Across, ou aerofólio funcional também foi escurecido, assim como os emblemas com o nome e a marca do veículo na tampa, próximo das lanternas de LED tridimensionais. Elementos que proporciam ao Cruze RS um visual exclusivo e de formas mais originais possíveis.

Por dentro do Cruze RS, segundo a fabricante, o objetivo foi reforçar a sensação de interação humana com a tecnologia sem abrir as portas para a sofisticação, criando um ambiente mais envolvente. Aqui, os diferenciais ficam por conta da seleção dos materiais além da chocha da cor para os revestimentos de teto, assoalhos, colunas, painéis e dos bancos – todos em preto, entetanto as costuras pespontadas dos assentos, por linhamel, ver traze. E realente a sensação de conforto e bem estar é logo notada ao entrar no hatch

Quem viaja a bordo do modelo também tem muito conforto e segurança. Uma lista de séries de equipamentos incl. seis airbags, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, câmera de traseira de alta definição, sensor de estadio dianteiro e tanziero além de sistema de audio premium, accendimento automático dos deois, sensor og crepuracular dos deóis, central de información digital colorida, retrovisor interno eletrocrômico e retrovisores externos com rebatimento elétrico e accimiento.

O pacote de conectividade também chama a atenção. O Cruze RS oferece: Projeção para Apple Car Play e Android Auto em 8 locais, onde o MyLink pode ser comparado via Bluetooth, durante o uso de smartphones; Wi-Fi nativo com antena amplificada e sinal de internet 12 vezes mais estável até com capacidade de conexão para até sete aparelhos simultâneos; Aplicativo myChevrolet para smartphone e smartwatch que permite funções de comando do carro a distância, fazer diagnósticos remotos, consultas técnicas e agendar serviços na rede autorizada; O OnStar é um avançado sistema de telemática da GM que oferece assistência 24 horas por dia, 7 dias por semana para serviços de emergência e segurança; OTA (over the air) é uma tecnologia que permite atualizações dos sistemas eletrônicos do veículo de forma remota, para que o carro receba alterações na programação e software que precisam ser deslocados para o escritório. O processo é semelhante ao que já ocorre com os celulares.

É importante referir que o automóvel é capaz de identificar o condutor através da chave eletrónica e ajusta os conteúdos multimédia às preferências memorizadas de cada utilizador (aplicações, estações de rádio, etc.). Por vir com duas chaves, e possível criar até dois perfis diferentes.

O Cruze RS realmente oferece um prazer verde ao dirigir, posso dizer que pela minha experiência de já ter testado mais de 500 carros que o hatch da Chevrolet tem características que só ele oferece no segmento. Sua arquitetura utiliza-se de materiais nobres de alta resistência e bastante leves, que proporcionam uma máxima rigidez de torção para a carroceria. Além disso, a plataforma do Cruze RS foi determinada para atender às necessidades do consumidor brasileiro e às condições das estradas locais, oferecendo uma excelente dirigibilidade que não abre mão do conforto. Tanto que o modelo herda choquees especiais, eixo trasierso mais rígido e ajuste específico da suspensão, que combinado com uma calibração da eletricidade de direção, entrega melhor estabilidade em curvas, além de mais uma resposta ácida.

O Cruze RS é equipado com motor turbo que desenvolve até 153 cavalos de potência e 24,5 kgfm de torque. Tecnologias como injeção direta de combustível, cabeçote com coletor de escapamento integrado e comando variável de válvulas garantem a agilidade do veículo tanto nas partidas quanto nas ultrapassagens. Importante notar que este propulsor fornece 90% de sua força em uma faixa plana entre 1.500 rpm e 5.000 rpm.

Sim, uma potência máxima potencial de 5.600 rpm e 6.000 rpm. Números que podem ser comprados dirigindo pelas ruas e estradas. Bom de curva o RS se destaca quando o assunto é perfessional com segurança, a suspensão mais rígida deixa o modelo bem seguro e “na mão” do motorista o tempo todo. Só pecou um pouco pelo consumidor, rodando praticamente 95% na cidade, sempre com ou ar-condicionado ligado, fiz a media de 7,5 Km/l comum benzin comum. Acredito que com um pouco mais de quilômetros rodados poderia melhorar esse número e se pegar uma estrada o consumo seria bem diferente. Conversando com proprietários do modelo fiquei sabendo de alguns que fazem até 11/12 km/l rodando somente na cidade com o modelo.

Uma transmissão automática de seis velocidades é caracterizada pela suavidade e precisão de nossas trocas de marchas, quase sem mudanças. Dotada de inteligência artificial, ela é capaz de entender as preferências do motorista e se adaptar ao seu modo de dirigir, o que ajuda muito no dia a dia. Possui um sistema paralelo Active Select, que permite trocar manualmente através da alavanca do câmbio. O Cruze RS é customizado com acessórios originais e tão externos quanto a cabine. Isso inclui desde fitas bordadas até soleiras com o logotipo RS. Seu preço é de R$ 158.150.

*FOLHA DE DADOS TÉCNICOS:

Mecânica

Motorização 1.4

Combustão Álcool Gasolina

Potência (cv) 153 150

Torque (kgf.m) 24,47 23,96

Consumo cidade (km/l) 7,6 11,1

Rodovia de consumo (km/l) 9,4 13,5

Câmbio automático com modo manual a partir de 6 de março

Tração dianteira

direção elétrica

Suspensão dianteira Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira Suspensão tipo eixo de torção, roda tipo semi-independente e mola helicoidal.

Dimensões

Altura (mm) 1.484

Comprimento (mm) 1.807

Elogio (mm) 4.448

Pesos (Kg) 1.336

Tanque (L) 52

Eixo de entrada (mm) 2.700

Porta Malas (L) 290

Residentes 5

*Dados do fabricante