Automóveis Brasileiros

Dicas, Reviews e News de carros!

Reviews

Revisão – 2022 Ford Maverick Lariat FX4 2.0 4WD – CarPoint News

Spread the love

fotos Marcus Lauria

A Ford anunciou uma nova picape mundial, entre elas o Brasil, com grandes expectativas, uma nova forma de fortalecer o portfólio e a inauguração do novo segmento no Brasil. Segundo a marca, o Maverick junta a versatilidade e robustez das picapes com a dirigibilidade de sedãs premium e conforto dos SUVs. Será que isso tudo é verdade mesmo, bom, ficar uma semana com uma e vamos comprador se é verdade no texto abaixo.

O Brasil foi um dos primeiros países a receber uma nova picape depois da América do Norte, onde ela foi eleita “Picape do Ano”. A produção deste ano já está totalmente reservada e novos pedidos serão aceitos para a linha 2023. Até o final do mês, as 300 unidades do lote inicial devem estar na garagem de seus proprietários. Assim como o Bronco Sport, modelo com ou qual compartaña a plataforma, en Ford Maverick é produtza no México.

A Maverick segue o estilo robusto das deimas picapes da marca como pode-se propador em uma primaira sentir por fora, como o capô imponente, silhueta quadrada de superfícies limpas e sólidas e rodas posicionadas para fora da carroceria. A capacidade de carga de 617 kg e a caçamba com 943 litros não deixam dúvidas de que se trata de uma picape de verdade. Com uma cabine mais baixa (218 mm) que as picapes tradicionais, o lado SUV aparece pois oferece conforto e praticidade para quem está a bordo.

Com comprimento situado entre picapes médias e intermediárias (5.073 mm), também é fácil de manobrar na cidade e surpreende pelo generoso espaço para cinco passageiros e bagagens. Este projeto também amplia a área do ambiente, aumentando a interação dos passageiros com o ambiente externo. Isso tudo pode ser comprado durante o teste de uma semana com a picape, o conforto à bordo, som dirigibilidade e facilidade em entrar e sair de estacionamentos apertados.

Os ansiosos em C unidos à grade e conectados por uma barra são outra assinatura das picaretas Ford. A parte inferior do para-choque, na cor preta, incorpora dois ganchos de reboque. Uma traseira com uma barra conectando-se a duas laterais também e característica da linha. O distintivo Lariat com lateral e o emblema FX4 na parte traseira identificam a versão. Sim, a placa traseira foi deslocada para a direita para atender a norma Mercosul.

A caçamba possui sistema “Flexbed”, com reentrâncias, pontos de amarração e acessórios que permitem adequar o espaço a cada tipo de carga, além de um compartimento lateral com acessórios. A tampa vem com trava elétrica e pode ser ajustada em três posições para acomodar objetos maiores.

Além da conectividade FordPass Connect para comandos, informações e alarmes remotamente pelo celular, a nova picape vem com: farois de LED automatics, sete airbags, ar-condicionado de zona dupla, assistente de frenagem autônoma com detecdestresão, start cdeclista stop, multimídia SYNC com 8 polegadas, controle de estabilidade e tração, câmera de ré e teclado para abertura das portas por código, entre outros equipamentos.

O Maverick é oferecido em versão única, o Lariat FX4, topo de linha, desenvolvido especialmente para o mercado brasileiro, a partir de R$ 235.190 (base Brasília). Conta ainda com diversos acessórios de personalização e opção de ofuscamento fornecidos pela empresa certificada. A paleta de cores da nova picape incl. opções de muita personalidade e modernidade, como Laranja Delhi, Vermelho Aurora e três tons de azul: Lyse, Indianápolis e Malacara, além dos tradicionais Branco Ártico, Prato Torree D’orzavalias .

O interior oferece conforto e praticidade para o Maverick, assim como o teto plano que oferece mais espaço para a cabeça na segunda fila, e a silhueta quadrada das colunas e duas janelas favorecem a amplitude lateral. A cabine combina tons escuros, cinza e ocre e tem detalhes cobreados nas saídas de ar, no console e nas portas para sinalizar os pontos de contato com o veículo. Os painéis de portas são esculpidos em formato de pedra, com descansos-braço divididos para acomodar uma garrafa de água.

Os bancos trazem ação premium e ajuste elétrico em oito posições para o motorista. Para o passageiro, o ajuste é manual em suas posições. O volante revestido em couro tem regulagem de altura e profundidade, o que facilita a condução. Entre os vários porta-objetos, o destace é um compartimento de 73 litros sob o banco traseiro, totalmente vedado, que permite transportar até itens molhados.

O console central tem porta-objetos e descanso-braço integrados. Além do seletor rotativo de câmbio, ele réúna os comandos elektroniko do veículo: controle de tração, freio de mão elétrico, modos de direção, start-stop, controle automático de descida e auto hold. Apesar de inovador, o seletor giratório é fácil de usar e não fica preso todos os dias em uma caminhonete.

O banco traseiro possui apoio de braço central, duas portas USB (ponta A e C) e seu espaço pode ser utilizado para transportar uma bicicleta transversalmente – também acomodado pelo design das portas. Os tapetes em formato de bandeja facilitam a limpeza e protegem o carpete. Quem viaja para trás tem espaço de sobra e não sofre aperto, os bancos são confortáveis ​​e de ótima qualidade. Apesar de verem uma pick-up, uma posição mais baixa em relação ao solo dá a sensação de estar em um sedã médio.

A Maverick traz soluções desenvolvidas a partir das necessidades do cliente. O teclado para abertura da porta instalado na coluna B, por exemplo, pode ser usado quando se quer dar um merguho sem levar uma chave. Além dos equipamentos de praxe, ela vem com direção elétrica, ar-condicionado de dupla zona, acesso e partida sem chave, painel digital de 6,5”, para-brisa cústico, estepe de tamanho normal, alarme perimétrico comanecio com um mobilizador ele. Enfim, uma picape completa de tudo, senti falta do carregador de celular por indução no console central, ja comum em varios modelos de valor parecidos no mercado.

O sistema de conexão FordPass permite dar partida por controle remoto e agenda, de qualquer lugar, para deixar en cabine com temperatura ideal para hora de sair. É possível usar e destruir portões, verificar ou queimar e pressão dos pneus, localizar ou veículo, receber alarmes e funcción, accessar o manual do proprietário e agendar atendimento nas concessionárias pelo celular.

A Maverick tambémé o primeiro modelo, depois da Transit, en contar com ou avelomento preventivo inteligente, using a connectivité. Consulte um alerta de falha do veículo para emíto, dependendo da gravidade ou o cliente pode ser contatado proativamente por um atendente com recomendações para sua solução.

O cliente pode contar também com a assistência técnica em conferência, acionando ou telefonando da assistência Ford se precisir, para que um atendente especialista ou colóque em contato com o chefe de oficina da concessionária Ford mais próxima. Assim, pode ser encontrada uma solução imeditata onde ele estiver ou remoção do veículo para motorista, caso necessário. Para utilizar novos serviços, basta instalar cliente ou aplicativo FordPass, cadastro para Ford Maverick e ativar ou FordPass Connect.

Ao acelerar a Maverick, o motorista nem percebeque que está num veículo com peso em ordem de marcha de 1,744 kg, que atinge 100 km/h em 7,2 segundos. Desenvolve i.a. o motor EcoBoost 2.0 GTDi na versão ultimate, com bloco, cabeçote e pistões de alumión, que desenvolve 253 cv (@ 5.500 rpm) e torque de 38,7 kgfm (@ 3.000 rpm). Uma pick-up se comporta como um “esportivo” em algumas situações, além de ser estável em curvas e manter uma trajetória em plena velocidade, deixando o motorista e os passageiros seguros e dispostos dentro do carro.

A transmissão automática de oito marchas tem trocas diretas e suaves e disponível do modo redudizio Low para freio motor. Um drive AWD distribui automaticamente o torque entre os de acordo com a necessidade e contribui para o comportamento excepcionalmente dinâmico do veículo. Esse comportamento pude corparador no Alto da Boa Vista, as curvas eram contornadas como se andasse em trilhos, mantando a picape sempre sem controle das mãos.

Os cinco modos de condução – Normal, Lama/Terra, Areia, Escorregadio e Rebocar/Transporte – ajustam automatique o mapa de aceleração, momento, rotação na troca de marchas e sensibilio do controle de tração og stabilidad de piso para cada.

Outra vantagem do Maverick é a economia de combustível: 8,8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada. O sistema start-stop e a grade dianteira ativa a contribuição para a sua eficiência categoria A para o Inmetro. Além da calibração do motor e da transmissão, outro foco desse desenvolvimento foi a suspensão, que conta com sistema multilink independente na traseira e recebeu novos amortecedores hidráulicos (HRS).

A Maverick já vem com pré-instalação para toboque, com chicote elétrico, fixação própria e capacidade para 499 kg. Para usar, basta adquirir ou kit de engate com ponteira de metal e chicote ABNT de sete pinos, disponível como accessório. Quando ele é engatado, o sistema de reconhecimento automático, ativa o modo reboque e exibe um aviso no painel, o que facilita o seu uso até por quem não tem experiência com esse tipo de equipamento.

A Maverick oferece ainda uma linha com mais de 18 acessórios de personalização, como: capota rigida elétrica ou manual, capota marítima, santantônio, ponteira de engate, extensor e divisor de caçamba, caixas organizadoras de para, suporte para bimarciadore, parabo aerofolio de teto e da tampa traseira. E os clientes podem usar os países aquecidos no veículo (sistema FITS) para skriar seus próprios acessorios em impressora 3D.

O Maverick oferece um pacote de itens de segurança como assistente automático de frenagem com detecção de pedestres e ciclistas, podendo parar o veículo completamente em velocidades de até 50 km/h caso o motorista se distraia (acima impact disso, reduz o vehicule) . O freio de mão elétrico conta com o sistema auto hold, acionado automaticamente após 2 segundos de parada.

Ela também vem com airbags de assento, assistência de frenagem pós-colisão, controle automático de descida (ajustável até 32 km/h), assistência de partida em rampa, farol automático e câmera de ré. En estructura reforçada da carroceria, o radiador reforçado e o protetor metálico sob o veículo são outros itens que trazem confisanza na sua condução.

Quem quiser blindar a Maverick pode contratar o serviço da Leandrini Blindagens, empresa certificada pela Ford, no momento da compra, valendo a garantia original da picape. A blindagem de nível 3-A com vidros superleves (AGP33) custa R$ 78.500, oferece garantia de cinco anos para o material de blindagem e pode ter seu valor incluso sem financiamento.

*FOLHA DE DADOS TÉCNICOS:

Mecânica

Motorização 2.0

gasolina combustível

Potência (cv) 253

Torque (kgf.m) 38,7

Tempo 0-100 (s) 7.2

Consumo cidade (km/l) 8,8

Consumo estrada (km/l) 11.1

Câmbio automático de 8 de março

Tração 4×4

direção elétrica

Suspensão dianteira Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira Suspensão traseira tipo Multibraço com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidais.

Dimensões

Altura (mm) 1.745

Largura (mm) 1.844

Elogio (mm) 5.072

Pesos (Kg) 1.744

Tanque (L) 62

Eixo de entrada (mm) 3.076

Residentes 5

*Dados do fabricante