Automóveis Brasileiros

Dicas, Reviews e News de carros!

Reviews

Revisão – 2022 Toyota Corolla Cross 2.0 XRE CVT – CarPoint News

Spread the love

fotos Marcus Lauria

A marca “queridinha do Brasil” acaba de lançar o novo Corolla Cross, um SUV compacto que vem para tentar destronar os líderes do mercado, apostando em sua confiabilidade entre os consumidores e a fama de “inquebrável”. Com isso, a marca japonesa inaugura uma nova etapa em sua história em dois segmentos que vêm crescendo globalmente e também no Brasil. Para este lançamento, a Toyota investiu R$ 1 bilhão em sua unidade fabril em Sorocaba, inaugurada em 2012 e que já produz os modelos Yaris e Etios.

resultado O VÍDEO: https://youtu.be/XYd-yKdGcxs

O nome Corolla existe há mais de 50 anos no Brasil e, desde então, é o veículo mais vendido do mundo e líder da categoria há seis anos. De acordo com a Toyota, para criar o Corolla Cross, o engenheiro Daizo Kameyama, fez questão de manter a essência do Corolla, ou seja, garantir que seja um veículo que atenda às necessidades dos clientes: “Queria um carro que fosse bom de do ponto de vista do consumidor e não apenas do ponto de vista da engenharia, porque acredito que todos devomos nos colocar no lugar do cliente para fazer um produto.

Disponível em quatro versões diferentes e dois motores, chegou à nossa redação a versão XRE com motor 2.0 Flex (existem ainda as versões XR com motor flex e os híbridos XRV Hybrid e XRX Hybrid), prontos para mais. O Corolla Cross é um modelo do grupo Toyota construído para plataforma GA-C (Global Architecture – Compact), um modelo Corolla, Prius e crossover Lexus UX250h, comercializados no mercado brasileiro.

Você pode projetar seus recursos e garantir a autenticidade em conjunto com outros SUVs. O Corolla Cross visto de frente revela uma grade trapeziforme dupla em destaque, uma grade superior, pintada em cinza escuro e em formato de colmeia, ao melhor estilo Lexus, acomoda e logomarca Toyota. Sim, uma classe inferior com plástico preto garante um estilo off-road e conta com os queixosos de neblina em LED para todas as versões. O para-choque possiu grandes vincos, en repousam os pendentes de LED em formato horizontal, que partem desde a lateral do veículo até contrarem a grau superior da dianteira. Toda a linha conta com luz diurnas, o Daytime Running Lights – DRL.

Quando visto de lado, em linha de cintura e formado por um eixo proeminente que percorria o carro da frente até na retaguarda. Destacam-se som maçanetas externas na cor do veículo enquanto o escapado em plástico preto segue toda a lateral do veículo até a retaguarda, inclusive evoluindo as rodas. Ja o rack de teto longitudinal garante uma opção para colocar mais bagagem no SUV.

Ja na traseira os para-lamas seguem o perfil robusto e de formato tridimensional dos para-choques dianteiros e as lanternas seguem o estilo horizontal, “abraçando” o veículo desde a lateral. Destaques para a parte central da traseira, onde se encontra a abertura da tampa do porta-malas, com inscrição Corolla Cross e spoiler traseiro, a marca fica devendo um escape melhor para exita do escapamento que é bem aparente. E para finalizar a parte externa o Corolla Cross valuato possui rodas de liga leve de 18” com ação na cor cinza escuro e diamantada com pneus 225/50 R18.

Por dentro o Corolla Cross oferece o mesmo acabamento já conhecido do Corolla sedã, com pequenas diferenças. Nenhum SUV. A consola central também tem uma espessura mais grossa e é suportada por duas hastes nas extremitas com ação na cor prata. Além disso, os puxadores internos das portas têm um design flutuante. Alem das maçanetas internas das portas e os difusores de ar ingen panele central que pozvenido ação na cor prata. Na versão XRE os bancos contam exclusivamente com peças revestidas de couro e material sintético preto. O volante de três raios com controles de áudio e computador de bordo tem equipamento em couro e ainda conta com aletas para trocas de marcha. O conforto a bordo é apreciado por todos, tanto para quem vai à frente quanto para quem volta, as margens são suaves e o motorista e os passageiros não se cansam mesmo em viagens mais longas.

Ainda por dentro e possibilidade de encontrar muitos porta-copos e objetos nas portas, sem console central e sem apoio de braços no banco traseiro, muito udil para quem possui um SUV. O painel de instrumentos conta com três mostradores: um circular, no centro, onde é possível visualizar o velocímetro e o nível de combustível; um semicircular do lado erscodo, onde exibe ao motorista o conta-giros (nas versões XR e XRE). O termômetro do motor para ambos abaixo do halfcirculo; e um ecrã TFT a cores de 4,2″ do lado direito que mostra o computador de bordo, com informações como indicador de velocidade, consumo de combustível, conta-quilómetros, autonomia, etc.

O Corolla Cross inclui uma extensa lista de itens de conforto, conveniência, tecnologia e segurança. Desde a versão de entrada XR o modelo conta com ar-condicionado digital automatic com duto trasiero, banco do motorista com regulagem para seis ajustes – altura, distance e inclinação, banco do passageiro dianteiro com regulagem manual para quatro ajustes), (diinaçao) direção eletroassistida progressiva (EPS), computador de bordo com tela TFT de 4,2″ de alta resolução, sem pedal de freio de estacionamento, eletro-retráteis externos elétricos retrovisores e rebatimento automático ao fegrado sec dução Sport (versões XR e XRE), bagageiro longitudinal, e sistema de central de áudio multimídia Toyota Play com tela sensível ao toque de 8″, rádio AM/FM, função MP3, entrada USB, Bluetooth, conexão para smartphones e tablets com Android Auto e Apple CarPlay.

A versão do XRE traz ainda sistema destravamento das portas por sensores na chave (Smart Entry), sistema de partida por botão (Start Button/Push Start), limpador do para-brisa com sensor de chuva, entetanto somente a XRE conta com paddle shift sem volante. Uma curiosidade que não é o Corolla Cross, que usa melhorias feitas pela Toyota e carroceria para proporcionar ainda mais rigidez torcional e dirigibilidade ao SUV. Assim, foram adicionados novos Pontos de Solda nas partes superior e inferior do veículo, principalmente na coluna B quando esta se une à barra de reforço do teto. Outro ponto que melhorou a estrutura do carro foi a colocação de suportes que ligavam a torre de suspensão do braço esquerdo e do braço direito. Um para-choque traseiro também recebeu reforços em sua estrutura, garantindo maior rigidez.

Sua posição de tornulo elevado dirigido é campo de visão 120 mm mais alto do que o Corolla sedã. Além disso, a engenharia da Toyota fez outras melhorias nesse sentido, como a colocação dos espelhos retrovisores nos painéis das portas e estreitamento da coluna A em 7 mm (na comparação com o sedã), o que além de tabilída, na vistribui de ajudar para a redução do ruído do vento, aumentando o silêncio a bordo. Foram colocados isoladores de como adicional no cofre do motor, no teto, no assoalho e nas partes das portas que garantem também menos vibração.

Para manter a segurança e a tranquilidade de quem dirige o SUV da Toyota ou modelo conta com suspensão independente dianteira, MacPherson com molas helicoidais e barra estabilizadora – como no sedã – no entanto, com diferenças que irigbiliida um SUV. A fricção do choque foi reduca, garantindo maior responsividade do equipamento, contribuindo também para uma melhor resposta à direção.

Sim, a suspensão traseira do Corolla Cross é do tipo eixo de torção com molas helicoidais e barras estabilizadoras. Possui buchas de borracha grandes e altamente duráveis ​​que permitem que a suspensão funcione bem mesmo em terrenos com grandes ondulações. O eixo de torção e a barra estabilizadora de grande diâmetro são projetados para ajudar a reduzir o deslocamento do veículo durante as curvas.

Mas um ponto a favor da dirigibilidade do Corolla Cross é que ele possui um raio de giro menor da categoria, possibilitando realizar uma manobra de 180º em apenas 10,4 m, contribuindo muito para realizar balizas e circulares com por ambientesto os ambienteso de rest ambienteso de shoppings e de predios, sem grandes dificuldades. Seus ângulos de ataque de 21º facilitam a travessia depressões, valetas e lombadas.

Sob o capô está o já conhecido motor a combustão 2.0L Dynamic Force de quatro cilindros em linha e 16 válvulas conta com comando de válvulas variável inteligente VVT-iE que, por meio de um motor elétrico, válvulas de válvulas lidam com tempos missao . Ele ainda vem com um sistema de injeção direta e indireta de combustível D-4S que adapta a injeção às condições de direção, oferecendo mais potência e menor consumo de combustível, perérom rodamos todo com revanche um oañol terante um consumo maior, chegamos a fazer 6 . 5 Km/l na maior parte do tempo, mas com média final de 8,5 Km/l pisando mais nível no acelerador. Acredito que com gasolina seu consumo seria melhor, mas não tive tempo de reabastecer para confirmar.

O propulsor 2.0L Dynamic Force Dual VVT-iE 16V DOHC de ciclo Atkinson Flex rende 177 cv de potência a 6.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 169 cv, a 6.600 giros, com benzina. O torque máximo abastecido com etanol ou gasolina 21,4 kgf.ma 4.400 rpm. Tem uma alta taxa de compressão (13:1) e um curso longo e pistões de baixa fricção. Em conjunto está a transmissão Direct Shift de 10 marts, que proporciona suavidade de uma transmissão CVT convencional com uma sensação de aceleração direta. O conjunto motor e cambio se sai bem em várias situações de trânsito ou subidas de serra, se comporta bem nas retomadas e proporciona segurança para o dirigente, mantendo algumas acelerações lineares e com potência seuficiente para o seuficiente.

Pensando no bem estar de todos, o Corolla Cross chega recheado de equipamentos de segurança passiva e ativa. Desde a versão de entrada XR, o modelo já vem dotado de sete airbags (dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de jolohen para o motorista), câmera de ré com projeção na central multimídia (nas versões XRE, XRV Hybrid e XRX Hybrid ainda polui com linhas guia dinâmicas), controle eletrônico de estabilidade (VSC), controle eletrônico de tração (TRC), sistema de assistência ao arranque em subida (HAC), sensor de estacionamento traseiro, choque com ajuste de alteurae elétrico, choque de neblina dianteiros em LED, luz de frengem de emergência automatica, alarme volumétrico y sistema universal ISOFIX para fixação de cadeirinhas no banco trasier com ancoragem de três pontos.

Custando a partir de R$ 160.990 o novo Corolla Cross também vem com cinco anos de garantia como limite de quilometragem para pessoas físicas (para pessoa jurídica, são cinco anos ou 100.000 km, o que primeiro ocorre). A marca ainda oferece uma extensa linha de acessórios genuínos composta por mais de 20 itens, entre eles estão estribo lateral, engate, trava de segurança para roda de liga-leve, trava de segurança do estepe, soleira iluminada, denmento de frontalstaciona, denmento frontalstaciona outros. As cores disponíveis para o novo Corolla Cross são Branco Polar (solido), Branco Lunar Perolizado, além das cores metalizadas: Preto Infinito, Prata Lua Nova, Cinza Granito, Vermelho Granada e novas e exclusivas com Azul Netuno.

*FOLHA DE DADOS TÉCNICOS:

Mecânica

Motorização 2.0

Combustão Álcool Gasolina

Potência (cv) 177 169

Torque (kgf.m) 21,4 21,4

Consumo cidade (km/l) 8 11,5

Consumo estrada (km/l) 9 12,8

Cambio CVT

Tração dianteira

direção elétrica

Suspensão dianteira Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.

Suspensão traseira Suspensão tipo eixo de torção e traseira com barra estabilizadora, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.

Dimensões

Altura (mm) 1.620

Comprimento (mm) 1.825

Cumprimento (mm) 4.460

Pesos (Kg) 1.420

Tanque (L) 47

Eixo de entrada (mm) 2.640

Porta Malas (L) 440

Residentes 5

*Dados do fabricante